A Festa de Delirium - Jill Thompson


Uma coisa que vocês talvez não saibam é que: eu sou fã do universo Sandman, criado pelo Neil Gaiman. Não aquela fã fissurada, até porque não tem grana pra isso, mas eu virei fã da história. Como eu ainda não consegui comprar as edições que eu quero, acabei comprando uma edição da série dos Pequenos Perpétuos, A Festa de Delirium. Del é uma das minhas personagens favoritas, por causa do jeito louco dela e a dimensão encantadora em que ela vive. 

Mas afinal, do que se trata a Festa de Delirium que nem foi escrita por Neil Gaiman? Nessa HQ, escrita por Jill Thompson, nós vemos uma história de Delirium que é totalmente voltada para as crianças. 



Os que conhecem as histórias de Gaiman, sabem que Delirium é uma personagem totalmente atípica, com diversas variações de forma e humor, além de viver em uma dimensão totalmente louca, uma dimensão que ninguém nunca lembra de ter visitado alguma vez na vida.

Voltando à história da HQ, ali nós temos todos os perpétuos retratados como crianças, e a nossa pequena Delirium continua sendo a mais nova dos sete. Em um dos dias inquietos da pequenina perpétua, ela decide que quer fazer sua irmã Desespero sorrir de qualquer forma, já que nunca presenciou isso e, pra ela, isso é a coisa mais importante de todas: ver seus irmãos sorrirem.



Com isso, ela decide fazer uma super festa para Desespero, convidando todos os seus irmãos para ajudá-la na dificílima tarefa de fazê-la sorrir. Delirium arruma tudo nos mínimos detalhes, com a ajuda de seu mascote Barnabás, com direito a brilhos, faíscas e um bolo gigante. Mesmo com tudo o que Del aprontou, ela não consegue fazer sua irmã sorrir, até porque, tudo é super animado e brilhoso, e Desespero não faz parte disso tudo. Então quando percebe isso, todos os perpétuos vão ficando totalmente desanimados, fazendo com que, finalmente, Desespero esboçasse alguma reação, fazendo Delirium celebrar.



A história é bem curtinha mas é super fofa, as ilustrações são lindas e todos os perpétuos foram retratados respeitando os traços que foram utilizados em Sandman. Eles viraram quase uma versão chibi dos personagens. É uma HQ que vale a pena ter, principalmente os que são fãs de Sandman, até mesmo pelas ilustrações incríveis.


Espero que tenham gostado dessa resenha. Alguém aí já leu? Deixa aí nos comentários o que achou!


Me encontre nas redes sociais
Compartilhar no Google Plus

Juliara Vasconcelos

Geek por hábito, nerd porque me chamam. Gosta de jogar, mas é noob, adora assistir filmes mas odeia filmes de dramalhão e tem medo dos de terror. Lê fantasia, ficção científica e terror, que é sua maior divergência. Não tem nenhuma saga preferida, porque ainda não leu Senhor do Anéis. (Isso mudará em breve)

    Comentários

4 pessoas já comentaram:

  1. Não conhecia mas parece ser super fofo pela sua resenha!
    Bjs

    http://achadosdamila.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/achadosdamila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ele é super fofinho. A Delirium em si já é mega fofa!
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Que livro lindo, os desenhos são uma graça mesmo e a história parece bem boa também!
    Nem conhecia nada :(
    boa semana ^^

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaah, tente pegar pelo menos esse livrinho pra começar a conhecer o mundo de Sandman. Difícil achar alguém que não goste!
      Obrigada pela visita!

      Excluir

Obrigada por ler e comentar!
Se comentar em anônimo, deixe seu nome!
Comentários ao estilo spam não serão aceitos, então só comente se realmente leu o post! Obrigada pela compreensão ♥