Book2movie especial: O Guia do Mochileiro das Galáxias


Faaala galera! Como vocês passaram o dia de hoje? Todos ficaram protegidos com suas respectivas toalhas? 
Pera, vocês não sabem do que eu to falando? Gente, em que mundo vocês vivem? Até às 24 horas de hoje, 25 de maio, é comemorado o Dia da Toalha! Em homenagem ao grande Douglas Adams, que escreveu a trilogia de cinco livros (afinal, quem disse que uma trilogia não pode ser composta por cinco coisas?) mais importante da ficção científica: O Mochileiro das Galáxias.
E pra não passar em branco essa importante data para todos nós, nerds ou geeks, vim fazer um Book2movie especial, com O Guia do Mochileiro das Galáxias.


Bem, eu sempre gostei muito dos livros e do filme, mas nunca tinha comparado os dois, e devo dizer que foi meio decepcionante. Pois é galera, essa que vos fala se decepcionou com o filme após esse book2movie. Não, o filme não deixou de ser bom, mas ele deixou muita coisa do livro para trás. Vamos à análise:

Todos sabemos que não é a coisa mais simples do mundo adaptar livros para o cinema, mas também sabemos que tem certos detalhes simples que poderiam sim ser incorporados à adaptação. O filme começa com a explicação do porque os golfinhos abandonaram a Terra, que é explicado bem pra frente no livro, mas isso é completamente compreensível, tendo em vista a cronologia da história. O filme começa bem, respeitando a história, fazendo apenas algumas adaptações, que, penso eu, se tivessem sido mantidas de acordo com que estava no livro, seriam muito mais divertidas. Mas deixando isso de lado, prosseguimos com a destruição da Terra, algumas falas perfeitamente reproduzidas do livro, Arthur (Martin Freeman) e Ford Prefect (Mos Def) sendo resgatados pelos Vogons, sendo torturados por sua poesia e logo em seguida sendo enxotados para fora da nave, sendo logo em seguida resgatados pela nave Coração de Ouro. Que nave é essa, de onde ela veio, o que ela estava fazendo ali? Bem, pra quem leu o Guia, isso é fácil de descobrir, mas no filme, isso fica completamente jogado às traças. Salvo a cena que fala vagamente que Zaphod Beeblebrox (Sam Rockwell) a roubou. E é a partir daí que o filme desanda. 


No livro temos Zaphod já em busca de Magrathea, um planeta que faz planetas, mas esta desativado por causa da crise econômica, ele não sabe o porque de estar atrás desse planeta, mas fez estudos em si mesmo e chegou em algo próximo à resposta, já no filme, eles mudam todo o rumo. Colocam os Vogons como se estivessem protegendo o presidente (Zaphod é o presidente das galáxias), ele acaba indo para um planeta que somente é mencionado no segundo livro, perde uma das cabeças e, é enviado para Magrathea. E foi justamente nisso que o filme me decepcionou. Ficou uma diferença muito grande, inclusive quando chegam Magrathea, pois lá não existem portais e sim túneis subterrâneos. 


Pode ser que as alterações que foram feitas fosse para agradar inclusive quem nunca havia lido o Guia, mas acho que em certas (muitas) partes eles perderam a essência do livro. Óbvio que não em sua totalidade, mas tinham cenas que os mochileiros iriam gostar de ver no filme, que não existem.

Um adendo: O Marvin é o melhor robô de todos os tempos e eu sei todas as falas dele, beijos.


Enfim galera, essa foi minha reclamação, quer dizer, análise de hoje. Espero que tenham gostado. Vocês já leram os cinco livros? E assistiram o filme? Conte aí nos comentários o que acharam!


Me encontre nas redes sociais


Compartilhar no Google Plus

Juliara Vasconcelos

Geek por hábito, nerd porque me chamam. Gosta de jogar, mas é noob, adora assistir filmes mas odeia filmes de dramalhão e tem medo dos de terror. Lê fantasia, ficção científica e terror, que é sua maior divergência. Não tem nenhuma saga preferida, porque ainda não leu Senhor do Anéis. (Isso mudará em breve)

    Comentários

8 pessoas já comentaram:

  1. Vi seu blog lá no grupo do FACE. Adorei muito boa a materia.
    Vou voltar aqui sempre :*

    http://www.cherryacessorioseafins.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Simone!
      Muito obrigada pela visita!

      Excluir
  2. adaptações são sempre muito complicadas mesmo. mas com certeza eles têm um motivo pra as escolhas que fazem. eu não li o livro nem sabia que existia o filme D: vejo um monte de gente falando tão bem dos livros que tinha vontade de comprá-lo. quem sabe eu comece pelo filme, entao... T__T

    Riscos e Rabiscos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros sem dúvida são melhores, não desmerecendo o filme. E acho que vai ser menos impactante você começar pelo filme mesmo :)
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Marvin é um amorzinho <3
    haha

    http://ruasazuis.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Os livros são maravilhosos comparados ao filme :c
    Só valeu a pena por causa da Zoey HAHAHAH

    | Promoção de um ano de A Bela, não a Fera |
    | FB Page A Bela, não a Fera|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Bela! Mas pra mim o filme valeu mais por causa do Martin ♥
      Obrigada pela visita!

      Excluir

Obrigada por ler e comentar!
Se comentar em anônimo, deixe seu nome!
Comentários ao estilo spam não serão aceitos, então só comente se realmente leu o post! Obrigada pela compreensão ♥